Amigos do Rogers

20 de fevereiro de 2012

Estou lendo...

Técnicas para escrever ficção, de Júlio Rocha


Na minha opinião, o título mais adequado (mas pouco comercial) seria Como escrever para o leitor mediano. No meio de tantas obviedades, é possível retirar e refletir sobre muita coisa do livro. Abaixo, algumas ideias (gerais) do livro em tópicos:

  • Escreva (nem que seja apenas uma página por dia, mas escreva todos os dias).
  • Termine os seus textos iniciados (e não deixe que avalie parcialmente o seu trabalho).
  • Revise seu texto, mas não fique o revisando eternamente.
  • Publique (nem que seja na internet, mas publique).
  • Comece o próximo livro.
  • Leia muito (diferentes autores, diferentes literaturas).
  • Faça pesquisas sobre o que estiver escrevendo (entreviste pessoas, por exemplo).
  • Escreva de acordo com seu público-alvo.
  • Ande sempre com um bloco de anotações e uma caneta.

Além dessas ideias gerais, que são meio óbvias e que todos os livros sobre o assunto devem discorrer, há as sugestões mais específicas, como:

  • O início do texto deve ser o gancho para que o leitor compre a sua ideia. Inicie o texto no meio de uma ação ou conflito.
  • Seja direto e comece com um conflito ou outro ponto de tensão.
  • Não perca tempo descrevendo em demasia personagens ou locações.  Se está escrevendo algo corriqueiro e desconhecido, deixe os detalhes de lado. Enfim, não abuse das descrições.
  • Guie o leitor e deixe que ele experimente e viva sua própria aventura.
  • Se quiser contar uma boa história, terá de construir bons personagens.
  • Defina quem será o personagem que dará vida à sua obra e dê a ele um passado, um presente e um futuro.
  • O leitor precisa gostar dos personagens, se preocupar com eles e, principalmente, acreditar neles.
  • Crie um perfil social, psicológico e físico para cada personagem que desempenhe algum papel importante em sua história.
Além dessas sugestões, há sugestões referentes a diálogos, humor, cenas de sexo e violência, envio de originais e publicação, lançamento, divulgação etc. 

Para conhecer mais sobre o autor e a obra, acesse  http://www.jrocha.com.br e/ou compre o livro.