Amigos do Rogers

28 de janeiro de 2018

Perigo

A verdade é que tenho medo. De toda verdade-convicção sem base em fatos, tenho medo. De toda crença mentirosa e perniciosa, tenho medo. Tenho medo de todo ser irracional. De gente preguiçosa. De gente acomodada. De gente cínica, burra, alienada, babaca. É preciso de muita cautela com esses seres. Desses zumbis distraídos, sempre "conectados", mas nunca interligados, é necessário de um pouquinho de medo. Frios e distantes, esses seres só olham pra baixo, uma ação quase automática. Magnetizados, eles acreditam em tudo, menos na vida. Menos nas verdades. Menos nos fatos (aliás, sempre estão distantes dos fatos reais, com os quais precisamos lidar diariamente). Ainda há heróis (poucos, claro), mas esses seres só acreditam nos vilões. Ainda há honestidade (pouca, claro), mas esses seres só acreditam em narrativas inventadas por outros seres (como dizer?) "espertos". Tenhamos medo, porque o medo é aquele sentimento suscitado pela consciência do perigo. Sim, estamos em perigo.