Amigos do Rogers

8 de agosto de 2010

Prefácio do Portal 2001 (Nelson de Oliveira)

Bem-vindo ao Portal 2001

Este é o quinto de seis portais: Solaris, Neuromancer, Stalker, Fundação, 2001 e Fahrenheit.

Se você está lendo este prefácio, isso é sinal de que você pertence à nossa pequena confraria de leitores especiais. De eleitos. Ou, como queria Hermann Hesse, de sensitivos: uma confraria de raros e loucos. Por você ser o que é - uma sensibilidade incomum -, este portal o encontrou. Aceite a oferenda. Integre-se nele com respeito e devoção.

A crítica literária contemporânea é indiferente ao leitor. A ela interessam somente o autor e sua obra. Na verdade o mundo todo é indiferente ao leitor. Se você prestar atenção verá que os próprios leitores não se levam muito a sério.

A experiência estética - o fruto do relacionamento de qualquer obra com o leitor - compreende três etapas: a poíesis (o destinatário participa da construção do sentido literário), a aisthesis (o texto amplia o conhecimento que o destinatário tem do mundo) e a katharsis (a resposta afetiva e intelectual do destinatário completa a experiência estética).

Seguindo contra a corrente, da tríade literária autor-obra-leitor, o elemento que mais interessa aos portais é o último. A estética da recepção é a teoria que lubrifica os rolamentos quânticos destas páginas. Não queremos o leitor indiferente e entediado. Queremos a máxima potência da poíesis, da aisthesis e da katharsis. Por isso este portal, como os anteriores, não está disponível a qualquer curioso.

Não é o leitor quem escolhe o portal, é o portal que escolhe seu leitor. Aceite a dádiva. Integre-se nele com reverência e entusiasmo. Deixe-se envolver amorosamente pelo mistério e pela poesia.

Boa transmigração.

Nos encontramos no próximo portal.

Nelson de Oliveira